personagens de animadores brasileiros

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Sávio Leite


Sávio fala de animação com o programa Curta Minas.


Terra (05':00") 2008
Coisas ordinárias acontecem com pessoas extraordinárias.                   <

Mercúrio (05'00")  2007
Estranhos fenômenos acontecem com um rapaz numa praça de Belo Horizonte. Um homem na fronteira entre o sonho e a realidade.

Eu sou como o Polvo (04':00") 2006
Um pouco da memória de Lourenço Mutarelli, considerado um dos melhores desenhistas brasileiros da atualidade.

Plutão (02:43")  feito com Clécius Rodrigues  2004
Plutão, um pouco receoso, sai do reino de Tártaro e vê a luz do sol. Mas a dificuldade está em voltar à atmosfera inferior.

O Vento (09':00") 2004
Em um tradicional bairro de Belo Horizonte, o vento vai passando e atrapalhando a vida dos moradores, até o momento em que ele resolve aprontar com o sacristão da igreja. Embora o vento seja uma força sobrenatural e faça de tudo para infernizar o sacristão, este conta com uma ajuda divina

Vinheta do 8º MUMIA - Mostra Udigrudi Mundial de Animação


segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Quiá Rodrigues


Quiá Rodrigues é criador, construtor, manipulador de bonecos e diretor de cinema de animação, com estúdio na cidade do Rio do Janeiro.


   É sócio da Oficina de Bonecos Animados, que cria, confecciona e manipula bonecos para os programas de Tv.
   Quiá fez parte da equipe do famoso programa Tv Colosso e deu vida a personagens antológicos como Capachão e Castilho.





com a OBA Oficina de Bonecos Animados fez o matinal Flora Encantada na Tv Globo., 



Quiá MAnipulou bonecos e interpretou o dono de circo Chico Ventania no programa Bambuluá da Tv Gobo. 


No programa Tv Xuxa, Quiá animou bonecos e vinhetas..



A OBA fez uma série de interprogramas para o programa Super Tudo, na TVE/RJ



Quiá fez uma série de animações sobre brincadeiras para os projetos de Xuxa Meneghel: O XSPB.








Criou e animou os comerciais Institucional da Fundação Xuxa Meneghel. 




 Quiá criou, animou e dirigiu uma série de 3 programa Mão e Giz para o Canal Futura.

Criou, apresentou e foi diretor do programa  Animania da tv Brasil..

Quiá trabalhou como assistente do animador Marcos Magalhães na vinhetas do ratinho Azul do programa Castelo Rá Tim Bum da Tv Cultura e no clip Duas Margaritas, dos Paralamas do Sucesso.



 Em 1999, concluiu seu primeiro trabalho autoral De Janela Para o Cinema, em que usa bonecos animados na técnica stop-motion, também construídos por ele. 



Sua produtora, Janela Filmes, presta serviços de animação com bonecos, objetos e massinha.

Quiá animaou para a produtora Visorama esponjas caseiras nas mãos de uma modelo.


                           

Quiá promove oficinas de stop-motion pelo país. Em 2008 foi a curitiba durante o encontro de animadores do Festival da Cidade.


Em 2000, Quiá fez um workshop de stop motion de dois meses no Instituto Dragão do Mar, em fortaleza. O vídeo De Repente, é o filme animado por ele e alunos.

                                           

Renan de Morais


Renan de Moraes deu uma dica animada no programa Animania.






Camile Carrosine




domingo, 28 de agosto de 2011

Alê Camargo

Diretor dos filmes:






Armadilha para Turistas, de 2002


 A Noite do Vampiro, de 2006)






Rua das Tulipas, de 2007



Calango!, de 2007










Maria Flor, de 2008  


A Ilha, de 2008






Curta metragem de animação de Alê Camargo, com patrocínio da Petrobras, realizado em 2010. O curta retrata a dificuldade que os pedestres enfrentam para atravessar ruas e avenidas nas grandes cidades brasileiras. Visitehttp://www.viaciclo.org.br














Knossos, de 2009






Ale camargo  fez o filme Os Anjos do meio da praça em 2010. Sinopse: Uma fábula sobre anjos caídos, sonhos esquecidos, e um menino.




Blog do Alê: pentagramma.blogspot.com
Blog de sua produtora: bubafilmes.blogspot.com



sábado, 27 de agosto de 2011

Curso da NFB nos anos 80, por Diego Stoliar






Foto1 - Jean-Thomas Bedard.


Foto2 - Aida Queiroz.


Foto3 - Jose Rodrigues Neto.


Foto4 - Daniel apresentando as suas primeiras idéias de projeto final do curso para os professores e turma.
Na primeira mesa: Rodrigo Guimarães.
Na segunda, de costas: Aída Queiroz e Cesar Coelho. Lea Zagury escrevendo.
Na esquerda: os três professores - Jean-Thomas Bedard, Marcos Magalhaes (escondido atrás do Jean) e Pierre Veilleux.
Na terceira mesa: Fábio Lignini, Patricia Alves Dias, Cao Hamburger e Telmo Carvalho.


Foto5 - César Coelho.


Foto6 - Rodrigo Guimarães.


Foto7 - Marcos Magalhães e Patricia Alves Dias.
Detalhe do livro: "O que é BUROCRACIA" - Marcos procura entender a Embrafilmes e a National Film Board.


Foto8 - As obras no recém ocupado CTAv para construção dos estúdios de som. O prédio antigamente pertencia à Merenda Escolar, lá eram feitas as refeições para as escolas publicas do Rio de Janeiro. Ao ser transformado em centro de produção de filmes tudo foi reformulado (com projeto brasileiro e equipamentos canadenses). O Núcleo de Animação foi o primeiro a funcionar
e os primeiros filmes foram feitos em meio a poeira e barulho de obras. Quem já trabalhou com acetato, pode imaginar como é difícil lidar com poeira.


Foto9 - Um dos técnicos de cinema formados em estagio no NFB na época ajudando Pierre Veilleux a descarregar uma das 4 trucas 16mm portateis trazidas para o projeto e
depois distribuídas a varias cidades no Brasil.


Foto10 - Em algum restaurante de Vila Isabel ou São Cristovão (lugares mais habitáveis perto do CTAv).

Da esq p/ dir: Rodirgo Guimarães, José Rodrigues Neto, o garçon, Patricia Alves Dias (de costas), Sida, Jean-Thomas Bedard e Pierre Veilleux.


Foto11 - No refeitório do CTAv.

Da esq. p/ dir: Rodrigo Guimarães (RS) , José Rodrigues Neto (CE), César Coelho (RJ), Daniel Schorr (RJ), Telmo Carvalho (ES - escondido), Fabio Lignini (MG), Patricia Alves Dias (PE),
Lea Zagury (RJ).


Foto12 - Pierre e Aida Queiroz (MG).


Foto13 - Daniel Schorr (primeiro plano), Pierre e Aida Queiroz (fundo).


Foto14 - Fábio Lignini e Rodrigo Guimarães.


Foto15 - César Coelho e Rodrigo Guimarães.


Foto16 - Léa Zagury e Daniel Schorr.


Foto17 - Ainda sem descrição.


Foto18 - César Coelho, Fábio Lignini, Rodrigo Guimarães, Patricia Alves
Dias (de costas), Daniel Schorr e Telmo Carvalho (de costas).


Foto19 - Telmo Carvalho, José Rodrigues Neto e Fábio Lignini.


Foto20 - Fábio Lignini.


Foto21 - Daniel Schorr experimentando muletas para o exercício de animação
caminhadas, orientado por Jean-Thomas Bédard. Ao fundo: Lucia Mello,
assistente de produção do Núcleo, e Telmo Carvalho.


Foto22 - Léa Zagury, Pierre Veilleux e César Coelho.


Foto23 - A primeira turma do Núcleo (1985) trabalhando com animação sobre a
película.

Na mesa da frente: Patricia Alves Dias (de costas).
Do outro lado: Rodrigo Guimarães e Aida Queiroz.
Na segunda mesa: César Coelho (de costas), Cao Hamburger e Lea Zagury.
Ao fundo:José Rodrigues Neto.


Foto24 - Rodrigo Guimarães na truca 16mm.


Foto25 - Léa Zagury na truca.


Foto26 - Daniel Schorr na truca.


Foto27 - Fábio Lignini.


Foto28 - Jean-Thomas Bedard e Telmo Carvalho filmando o filme do Telmo ("O
Musico e o Cavalo") na truca 16mm.


Foto29 - Pierre (camisa listrada ao fundo), Daniel (camisa azul) e técnicos de som do NFB.


Foto30 - Fábio Lignini, de Belo Horizonte, hoje um dos animadores senior dos estúdios Dreamworks.


Foto31 - Rodrigo Guimarães, de Porto Alegre, hoje em dia à frente do estúdio Dr. Smith.


Foto32 - Pierre e Tim Rescala que foi o autor da brilhante trilha sonora (quase sinfônica) do desenho animado "ALEX" produzido coletivamente no segundo ano do Núcleo de Animação do CTAv. Este filme merece uma restauração..


Foto33 - Pierre Veilleux.

Agradecimentos:
Obrigado a Pierre Veilleux e ao Daniel Schorr por terem tido o trabalho de separar e scannear as imagens. Sem esse esforço inicial o álbum não seria possível.

Obrigado ao Marcos Magalhães por ter feitos um comentário extensivo para todas as imagens.

Obrigado a todos que comentaram e ajudaram a tornar o álbum o mais preciso possível.

Fábio Yamagi

   Fábio além de animador, é diretor de filmes, montador e fotógrafo. Com cerca de uma centena de trabalhos em audiovisual no currículo, especializou-se em Stop Motion e trabalhou em produtoras como Trattoria di Frame, Paranoïd BR e O2 Filmes. 
   Competiu 3 vezes no Festival de Animação de Annecy e ganhou 3 vezes o Anima Mundi. 
    Yamaji leciona no IED e na pós-graduação da Anhembi Morumbi. 
    É cofundador da ABCA e fotografa shows pro Yahoo! Brasil.

Line Rider
Animação feita com programa de Web.



Airon Bungy redux

                   


Fábio animou o curta Descobrindo o Azul do Céu, de Daniela Divardine

                    

   Fábio produziu uma vinheta com dobraduras de origame animadas, para o concurso Anima 15, homengem aos quinze anos do anima Mundi - Festival Internacional de animação. 




Planeta dos Bois  Peixe



Workshop de Criação de Personagem e Animação Stopmotion realizado por Fábio.


   Fábio foi professor de animação na escola de cinema de Paulínea. Ele também produziu a vinheta para a Escola.



Festival do Rio


Superpolio Dragon 





Opal - Esteira  (feito para o Peru)




Opal Terminator



Batavo Imãs

                    

Ninho Soleil Potinhos

                    

Itaú - vamos Passear

                    

Clip de Vanessa da Mata - Minha Herança uma flor